SUPER FM - A rádio que vive o vale

Região segue com 3.843 unidades sem energia elétrica

Jonas Hames  Jonas Hames      sexta-feira, 3 julho 2020      EM: NO VALE - CIDADE  

Dados do monitoramento em tempo real da Celesc, mostram que até o início da noite desta sexta-feira (03), 3.843 unidades consumidoras continuam sem energia elétrica no Vale do Rio Tijucas. A empresa trabalha na recuperação das redes danificadas pelo ciclone que atingiu Santa Catarina desde a terça-feira (30). Em Tijucas são 1.705 unidades sem o […]

Dados do monitoramento em tempo real da Celesc, mostram que até o início da noite desta sexta-feira (03), 3.843 unidades consumidoras continuam sem energia elétrica no Vale do Rio Tijucas. A empresa trabalha na recuperação das redes danificadas pelo ciclone que atingiu Santa Catarina desde a terça-feira (30).

Em Tijucas são 1.705 unidades sem o fornecimento de energia. Em São João Batista 323, Nova Trento 391, Canelinha 1.360 e Major Gercino 64 unidades. Já há registro de moradores e comércios do ramo alimentício descartando alimentos que precisam de refrigeração. Em Nova Trento a Prefeitura Municipal está auxiliando a Celesc na recuperação das redes danificadas.

Canelinha e São João Batista políticos se mobilizaram para cobrar agilidade da companhia de energia no restabelecimento da energia. A Celesc afirma que segue com reforço nas equipes e pretende recompor a maior parte do sistema ainda nesta sexta-feira (03), mas admite que pontos mais complexos podem ficar sem luz até domingo.

A moradora da Capital Catarinense do Calçado, Jeruza Mafessolli de Souza, registrou nas redes sociais os esforços da equipe da Celesc em reparar a fiação e postes na região. Ela conta que em sua residência ficaram quase 58 sem energia, porém por volta das 23h desta quinta-feira (02), mesmo com o frio os técnicos seguiram trabalhando.

“Eles permaneceram até o final do serviço, mesmo com as adversidades que serviço apresentava naquele momento. Escuro, fios enrolados em meio às árvores no chão e os dois homens não saíram enquanto não terminaram”, relatou. Ela conta que os funcionários só deixaram o local após terminarem o serviço.

De acordo com a Celesc, em alguns casos, parte dos consumidores pode estar com energia, mas sem o serviço em imóveis da mesma localidade. A explicação dada pela empresa é de que quando um alimentador é recuperado, alguns transformadores ainda podem ficar com problemas. Nestes casos os consumidores devem fazer o registro através dos canais virtuais.

Anúncie Na Rádio Super